phone + 55 22 2623-1458

CASAS BRANCAS BOUTIQUE HOTEL & SPA

Aninhado sobre a Baía da Armação, na pequena vila de Búzios, existe um refúgio de beleza e elegância.

Sinônimo de harmonia e simplicidade, o Casas Brancas é um autêntico convite ao descanso, ao prazer e ao bem-estar.
Seu terraço ao estilo mediterrâneo e sua vista panorâmica sobre o mar fascinam hóspedes há mais de 40 anos.

Com toques de estilo e sofisticação, todos os ambientes propiciam a tranquilidade, transformando sua estadia em uma experiência única.

Com localização privilegiada, sobre a Orla Bardot, o hotel fica próximo ao centro e também aos melhores restaurantes e praias da cidade.

SERVIÇOS
INTERNOS

• Recepção 24h
• Serviço de quarto de 7h30 até as 23h
• SPA
• Academia
• Aulas gratuitas de Yoga
• Restaurantes
• Piscina
• Estacionamento gratuito
• Free Wi-Fi
• Sala de reuniões

ATIVIDADES
EM BÚZIOS

• Passeio de lancha
• Passeio de barco de pesca
• Aluguel de bugres
• Mergulho de snorkel
• Mergulho submarino
• Passeio de helicóptero
• Kitesurf
• Surf

HISTÓRIA

O Casas Brancas Boutique Hotel & Spa teve início na década de 70, quando Búzios era então apenas uma remota vila de pescadores.

Amalia de la Maria e Affonso Carlos Bebianno Montenegro iniciaram juntos o projeto de criar uma pequena pousada para turistas aventureiros, que se interessassem por lugares remotos e poéticos.

Somente um telefone nesta vila permitia que reservas fossem efetuadas. As ruas eram de terra e a viagem do Rio de Janeiro era uma demorada expedição. Aos poucos, o casal desenvolveu no espaço um estilo único, incorporando objetos da cultura local.

Com o passar dos anos, novos conceitos e costumes se estabeleceram e o Casas Brancas acompanhou esse crescimento, continuamente se modernizando, sem perder a identidade e sem abrir mão de seu comprometimento com a qualidade e o estilo.

Atualmente, o hotel permanece sob a administração da mesma família, o que garante o conceito e o cuidado nos mínimos detalhes.

A CIDADE DE BÚZIOS

Basta olhar de relance um mapa de Búzios para constatar que, aqui, até a geografia conspira contra o tédio. Não há sinal de monotonia no desenho de sua faixa costeira, toda recortada, repleta de praias de personalidade própria. Há 50 anos, a península exerce magnetismo sobre os visitantes, desde aquele mítico verão de 1964 em que Brigitte Bardot se hospedou no (então quase selvagem) balneário. A musa hoje empresta nome à Orla Bardot, continuação da fervilhante Rua das Pedras; juntas, as duas vias reúnem lojas de grife, restaurantes concorridos e o agito da vida noturna. Nas mesas, conversas animadas fluem nos mais diversos idiomas, falados por visitantes do mundo inteiro, que chegam ao simpatico balneário atraídos pela sofisticação, charme e agitada vida noturna.